Lucro Presumido: O que é e quais são os impostos devidos

Tema(s): Contabilidade, Glossário, Lucro Presumido

Muitas vezes o empresário ou o postulante a empresário se depara com termos que podem lhe parecer estranhos. Um destes termos é “Lucro Presumido”. É por isso que achamos interessante trazer ao Blog da Agilize este tema.

Lucro Presumido é uma modalidade de regime tributário na qual os impostos são calculados com base em um percentual do seu faturamento. Nesta forma de tributação, presume-se que um determinado valor do faturamento da empresa foi seu lucro e, portanto, será sobre essa parcela que alguns impostos serão calculados.

A grande maioria das micro e pequenas empresas que não se enquadram no Simples Nacional são de Lucro Presumido. Listamos abaixo os impostos federais e municipais para empresas de serviço que pertecem a este regime tributário:

Impostos Federais
PIS (Programa de Integração Social)– 0,65 %

COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) – 3,00%

CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) –  1,08% ou 2,88% (depende da atividade)

IRPJ (Imposto de Renda – Pessoa Jurídica) – 1,2%; 2,4%; ou 4,8% (depende da atividade)

Impostos Municipais – Em Salvador
ISS (Imposto sobre Serviços) – 2% à 5% (depende da atividade)

O objetivo desse post foi trazer de maneira breve e direta uma explicação sobre o Lucro Presumido e seus impostos. Nos próximos posts, detalharemos de maneira mais completa como cada um desses impostos é calculado.

Lembramos que a escolha sobre a melhor forma de tributação para sua empresa (Simples, Lucro Presumido ou Lucro Real) deve ser tomada com o máximo cuidado. É importante contar com a ajuda do seu contador para descobrir se Lucro presumido é o regime tributário mais apropriado para sua empresa.