O que são índices de rentabilidade?

Tempo de leitura: 2 minutos
Tema(s): Contabilidade, Empreendedorismo, Financeiro

Acompanhar os números da sua empresa não é importante apenas por questões contábeis ou de pagamento de impostos e tributos, mas, principalmente, para embasar a tomada de decisão dos gestores.

Entre os principais números estão os índices de rentabilidade. Eles apontam claramente se a estratégia da empresa está correta e para onde ela está caminhando. Através deles também é que novos investidores costumam decidir se vale a pena – ou não – injetar mais dinheiro na empresa. Algumas vezes esses índices podem prever problemas com fluxo de caixa se bem acompanhados. De qualquer forma, é obrigatório para todos os empresários conhecer os principais.

Diante deste contexto, abaixo listamos os principais índices e apresentamos uma fórmula simples para você calcular um a um. Confira!

Índices de margem

A margem é o valor que a empresa está ganhando ao vender seu produto. Este índice costuma ser dividido em duas partes: margem operacional e margem líquida. A margem operacional mede o que chamamos de lucro puro de cada unidade vendida, ignorando as despesas financeiras e outras obrigações, como impostos e tributos. Para descobrirmos o valor da margem operacional precisamos dividir o lucro operacional pelo número de unidades vendidas.

Já a margem líquida mostra o grau de lucratividade líquida do negócio depois de deduzir todos os gastos. Na prática, ela aponta realmente se a empresa está dando certo ou não. Para medi-la multiplicamos o lucro líquido por 100 e dividimos o resultado pelas vendas líquidas. O resultado final apontará o lucro líquido obtido para cada real de receita líquida.

Índices de ativos

Da mesma forma que os índices de margem, os índices de ativos são divididos em duas partes: retorno sobre o ativo e giro do ativo. Ambos são excelente indicadores de desempenho do negócio como um todo.

O retorno sobre o ativo calcula a rentabilidade do ativo independente de onde vieram os recursos, somente admitindo os investimentos feitos. Para descobri-lo multiplica-se o lucro líquido por 100 e divide-se o resultado pelo valor do ativo. Já o giro do ativo relaciona as receitas geradas pela empresa e o total de investimentos realizados. A fórmula é uma simples divisão entre receita líquida e total do ativo. O resultado mostra o quanto foi vendido para cada real investido.

Retorno sobre o capital

Por fim, o retorno sobre o capital aponta a rentabilidade dos recursos e é calculado dividindo-se o lucro líquido pelo patrimônio líquido. Esse índice aponta se a empresa é um bom investimento para novos sócios ou se está queimando seu próprio capital para manter-se operando.

Incluir estes índices numa tabela de métricas que também aponte ticket médio, número de clientes e taxas de conversão dará uma visão mais clara sobre os rumos do negócio, principalmente sobre o desempenho de ações de marketing e sucesso de novos produtos. Empresários que tomam decisões sem acompanhar esses índices correm mais riscos de desperdiçar dinheiro com a sua empresa. Pior que isso, podem levar o negócio para um destino sem volta: a falência.

Ainda restam dúvidas sobre índices de rentabilidade? Aproveite os comentários abaixo para entrar em contato com nosso time.