6 dicas para aumentar o faturamento do seu negócio

Tempo de leitura: 5 minutos
Tema(s): Gestão Financeira

O objetivo principal de qualquer empreendedor é aumentar o faturamento do negócio, já que é a partir do capital extra gerado que a organização conseguirá investir em projetos e expansões, atrair investidores e melhorar as condições de trabalho.

Mas os empreendedores precisam usar técnicas específicas que melhoram diferentes aspectos do negócio, incluindo conhecimento de mercado, mudanças no processo de produção, relacionamento com o cliente etc.

Muitas vezes, são necessárias pequenas atitudes que levam o negócio a estimular novas receitas, aumentando sua rentabilidade, mas também é preciso que o empreendedor esteja pronto para adotar tendências de mercado impactantes.

Continue lendo este artigo para saber quais são as 6 principais dicas que garantirão o aumento do faturamento tanto para novas empresas quanto para as mais experientes!

1. Reduzir custos e despesas

Tomar medidas para reduzir os custos e despesas é uma das principais táticas para aumentar o faturamento. Primeiro, faz-se necessário distinguir os dois termos:

  • custos: são os gastos relacionados à atividade produtiva em si, ou seja, necessários para entregar o produto ou serviço ao cliente, como materiais, aquisições para revenda etc.;
  • despesas: são os gastos administrativos e que não se ligam diretamente à produção, como aluguéis, materiais de escritório, salários etc.

Então, desdobre as contas do negócio em planilhas e identifique em que pontos pode-se fazer economia. Como o primeiro conceito está diretamente ligado à produção, a diminuição deve ser feita sem comprometer a qualidade do produto ou do serviço.

Um exemplo de redução possível é a contratação de uma empresa de contabilidade online. Nesse caso, as vantagens são multiplicadas, pois os contadores têm experiência em trabalhar para diversas empresas, são modernizados e se mantém sempre atualizados quanto às novidades legislativas e ferramentas de gestão, sendo uma peça-chave para o desenvolvimento saudável da empresa.

Já as despesas são reduzidas ao acabar com desperdícios sob diferentes aspectos, como evitar deixar a luz ou computador ligados quando ninguém estiver utilizando. Outra forma é rever os planos de telefonia, internet etc. e adotar os mais econômicos.

Já tem uma empresa? Conheça a Agilize.


Contabilidade completa – Cuidamos de todas as suas obrigações contábeis
Atendimento excelente – Telefone, chat ou e-mail
Financeiro + Contabilidade – Sistema Financeiro gratuito integrado ao contábil

Quero receber uma proposta

2. Conhecer o seu mercado

Conhecer o mercado pode ser decisivo para aumentar as vendas, fazer o negócio se desenvolver e tomar as decisões corretas. O primeiro estudo a ser realizado é o do mercado de clientes, que consiste em conhecer o público-alvo a ser atingido, definindo suas características pessoais, geográficas, poder de compra, comportamento, ideologias etc.

Com essas informações, será possível adequar os produtos e serviços oferecidos para torná-los mais atrativos, bem como elaborar melhores estratégias de marketing.

Quanto à análise da concorrência, recomenda-se que se estude os seus diferenciais, forma de atendimento, preços, campanha de marketing e aspectos afins.

Dessa forma, você saberá o nível de qualidade dos serviços oferecidos e terá um parâmetro a ser alcançado ou superado. Identifique, também, quais foram as decisões benéficas tomadas, bem como as que causaram danos ao negócio; assim, você poderá tanto se inspirar nos acertos como aprender com os erros alheios.

3. Terceirizar o serviço

A terceirização de diversos serviços é uma das principais tendências da atualidade que beneficiam as finanças. Essa tática faz com que diversos benefícios sejam adquiridos pela empresa, como redução de custos com processos seletivos e encargos trabalhistas, minimização de riscos trabalhistas, garantia de colaboradores qualificados e treinados e foco na atividade-fim.

Existem dois tipos de terceirizações: um consiste na terceirização de atividades-meio menos complexas, como limpeza, portaria, segurança etc. O segundo é o Business Process Outsourcing (BPO), que é a terceirização de setores essencialmente complexos e que desempenham papel estratégico.

4. Apostar em soluções tecnológicas

A tecnologia sempre foi uma grande aliada do homem em diferentes aspectos da sua vida. No mundo corporativo, há um grande leque de soluções tecnológicas que automatizam diversas atividades de uma empresa.

Existem várias operações em um negócio que são significativamente cansativas, burocráticas e que ocupam muito tempo, como realização de contas, elaboração de planilhas, lembretes de prazos, entre outros. Com a automação dessas atividades, são garantidos benefícios, como:

  • diminuição de erros: processadores não cometerão erros como falhas matemáticas, de digitação etc.;
  • redução de custos: diminui gastos com impressões, papéis, canetas e outros materiais, como também há economia em mão de obra, transferências e viagens (já que vários documentos são enviados pela internet);
  • aumento da produtividade: os colaboradores poderão se concentrar em suas atividades mais relevantes, como venda, fechamento de contratos etc.;
  • segurança: garante-se melhor segurança dos arquivos, já que os documentos são digitais e é possível realizar backups (cópias de segurança) para recuperação em caso de perda;
  • melhor tomada de decisão: elabora mais rapidamente relatórios, planilhas e documentos que trazem dados sobre o negócio;
  • melhoria da comunicação: aprimora-se tanto a comunicação interna (entre os colaboradores) quanto a externa (em relação aos clientes), pois há expansão dos canais de comunicação.

5. Qualificar sua equipe para ser mais produtiva

Os colaboradores da empresa são um dos mais importantes componentes do desenvolvimento do negócio, já que são os responsáveis por atender os clientes, produzir as mercadorias ou realizar os serviços.

Por isso, é importante ter atenção nos processos seletivos, para que sejam identificados líderes e talentos (colaboradores com perfil ideal para a empresa), bem como qualificá-los (por meio treinamentos para utilizar ferramentas de gestão, por exemplo), a fim de aumentar sua produtividade.

Além disso, faz-se importante que seja desenvolvida uma cultura de inovação e um clima de trabalho agradável; pois, assim, os colaboradores serão retidos na empresa, direcionarão seus esforços em busca dos mesmos objetivos, terão mais sinergia na execução de tarefas e melhor convivência entre si e desejarão o bem do negócio.

6. Investir em pós-venda

Manter os clientes atuais é significativamente mais econômico que fazer investimentos para conquistar novos, o que ocorre pelo fato de que eles promoverão sua marca para colegas, amigos e familiares, como também sempre adquirirão seus produtos e serviços, sem a necessidade de criar novos planos de marketing.

Por esses motivos, é importante investir em estratégias para fidelizá-los. Uma das principais táticas para isso é investindo no pós-venda, que consiste no suporte e atendimento fornecido aos clientes a aquisição do produto ou serviço. Algumas das ações que podem ser tomadas são:

  • criação de programas de fidelidade;
  • envio de brindes;
  • enviar conteúdos direcionados aos seus interesses;
  • prestar bom atendimento técnico;
  • oferecer descontos em compras futuras.

Percebe-se que o faturamento da empresa pode ser elevado por diferentes formas, mas é fundamental que o gestor esteja aberto a adotar tendências atuais, como o BPO de contabilidade, bem como a implementar novas ferramentas tecnológicas.

Receba novidades e mais conteúdos como este diretamente em seu e-mail assinando nossa newsletter! É gratuito!

Já tem uma empresa? Conheça a Agilize.


Contabilidade completa – Cuidamos de todas as suas obrigações contábeis
Atendimento excelente – Telefone, chat ou e-mail
Financeiro + Contabilidade – Sistema Financeiro gratuito integrado ao contábil

Quero receber uma proposta

Sobre o Autor

Conte-nos o que achou!