Impostos do Lucro Presumido – PIS o que é e como calculá-lo

Tempo de leitura: 1 minuto
Tema(s): Contabilidade, Glossário, Lucro Presumido

Agora que já entendemos de uma maneira geral sobre Lucro Presumido podemos avançar ainda mais nas implicações para o empresário que possui este modo de tributação em sua empresa.

Os principais tributos a serem pagos por empresas e Lucro Presumido são: PIS, COFINS, CSLL, IRPJ e ISS. Neste post, explicaremos mais detalhadamente o PIS.

PIS
O que é
O PIS (Programa de Integração Social) é um tributo devido mensalmente e sua alíquota sobre o faturamento. Para empresa Lucro Presumido (LP) a alíquota é de 0,65%.  O Governo Federal deve destinar os recursos recolhidos no PIS para o pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial para os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos.

Como é calculado
PIS a pagar =  (Faturamento Total do Mês – Somatório do valor das Notas Fiscais com PIS Retido) * 0,65%

Frequência
Mensal

Datas
25 de cada mês

Observação: Quando dia 25 for no final de semana ou feriado, deve-se antecipar o pagamento.

Forma de pagamento
DARF. Código da Receita: 8109

Sobre o Autor

Conte-nos o que achou!